Como escolher o brinco ideal para o seu rosto

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Cada peça de vestuário, acessório e calçado é essencial para criar um visual atraente, interessante e que mostre a personalidade de quem está vestindo. Fala-se muito sobre o caimento das roupas e até mesmo sobre técnicas de maquiagem para realçar os melhores atributos do rosto, mas anéis, pulseiras, colares e brincos são pouco mencionados. E é sobre esse último que falaremos hoje: como escolher o brinco ideal para o seu rosto.

Mini, pequenos, grandes ou maxi, os brincos fazem parte da cultura brasileira. Normalmente, as orelhas das meninas são furadas ainda quando bebês e, a partir daí, o item faz parte da vida da mulher. Apesar do gosto pessoal ser a única regra válida para preferências de moda, existem estudos que indicam os modelos que mais combinam com características específicas. Para escolher entre os clássicos prata e ouro, por exemplo, leve em consideração o tom de pele (quente, frio ou neutro) e para peças coloridas, nada melhor do que uma análise cromática. Já para escolher entre versões curtas, geométricas, compridas, entre outros, é ideal conhecer o próprio rosto. Veja abaixo:

Como escolher o brinco ideal

Conheça os formatos de rosto e identifique o seu:

Rosto Oval

O rosto oval, como o nome já sugere, é aquele que em que a altura é maior do que a largura. Esse formato é considerado o mais harmonioso e que combina com quase qualquer coisa.

Rosto Quadrado

O rosto quadrado tende a ser bastante proporcional. A testa, as maçãs do rosto e o maxilar costumam ter todos a mesma largura. 

Rosto Redondo

O rosto redondo tem a mesma largura e altura seguindo a forma geométrica. 

Rosto Triangular

As características do rosto triangular são a testa estreita e o maxilar mais largo, criando ângulos que realmente lembram um triângulo.

Rosto Diamante

O rosto diamante é aquele em que as maçãs do rosto são bastante proeminentes e mais largas do que a testa e do que o queixo/maxilar. 

Rosto Triângulo Invertido

O rosto triângulo invertido tem as proporções contrárias ao rosto triangular. Ou seja, tem a testa mais larga e o maxilar mais estreito. 

Como escolher o brinco ideal

Agora que você já sabe os formatos de rosto e pode identificar o seu, veja abaixo as sugestões de brincos e as intenções de cada combinação:

  • Brincos longos e/ou finos combinam com rostos redondos já que criam a ilusão de um semblante mais fino. Se a intenção é destacar a amplitude do formato, opte por peças volumosas.
  • Brincos longos e/ou redondos costumam ser preferência de quem tem o rosto oval.
  • Brincos redondos e/ou com pingentes finos são a sugestão para rostos quadrados. Essas escolhas combinam com ângulos diferentes entre a peça e a face criando proporções super harmônicas. Se a ideia é disfarçar o maxilar, opte por brincos que terminem antes da altura do queixo. 
  • Brincos com volume na vertical são uma ótima pedida para quem tem o rosto em triângulo invertido. Principalmente se o volume for na parte inferior da peça, equilibrando assim as proporções entre maxilar e testa. 
  • Brincos compridos e com volume na lateral vão fazer maravilhas para quem tem o rosto triangular. 
  • Brincos pequenos são ideais para quem tem o rosto diamante. Para não levar ainda mais volume às maçãs do rosto, opte por versões em formato oval ou triangular.

Lembre-se de que tudo é uma questão de proporções e vale aquilo que a fizer feliz e confiante. Se você tem o rosto redondo e simplesmente ama brincos do mesmo formato, por exemplo, sinta-se completamente à vontade para continuar usando – e arrasando – com esse visual.